terça-feira, 24 de agosto de 2010

Home...

Desde que cheguei em Dublin eu me sinto em casa. Essa cidade te abraça de um forma, que é praticamente impossivel não se sentir assim.
Irlandeses (pelo menos o que eu tive maior contato) são simpáticos e prestativos. Os milhares de brasileiros que você encontra pela rua também. Não esbarrei com nenhum até agora que não tenha me ajudado de alguma forma, e tento fazer o mesmo quando vejo alguém da minha pátria perdidinho por ai...

Hoje eu não me senti em casa. Não faço idéia do porque disso, mas bateu aquele desespero de "O que eu to fazendo aqui?"
Por que eu vim? Da onde eu tirei a idéia de vir pra um país diferente, que fala uma língua que eu não falo tão bem e achar que tudo ia ficar bem?
Bom, tá tudo bem. Mas sei lá, tem quase duas semanas que eu to procurando emprego, já devo ter passado de 100 curriculos enviados pela internet, e hoje passei de hotel em hotel entregando meu curriculo em mãos. Mas cade o retorno? Não tem.
Quase todos me falaram "Não temos vagas agora", outros nem quiseram que eu deixasse o currículo por lá...

Eu sei que a vida não é pra ser fácil por aqui, to longe da minha casa, dos meus cachorros, dos meus pais. Mas to me dando o direito de ficar down hoje. To aqui há quase um mês e fiz o máximo pra ficar bem todos os dias, até mesmo na tpm.

O mais engraçado é que eu fiquei assim no final da aula de hoje, meu professor chegou em mim e pediu pra conversar. Ele perguntou se eu não queria mudar de turma, pois o meu inglês já ta avançado pro intermediário. Respondi que não, pois ainda to aprendendo ali, todo dia eu aprendo alguma coisa nova, uma regra da gramática e etc.
Ele acredita que eu sou boa o bastante pra subir, mas eu não. Se eu não acredito em mim, porque os outros vão?

Anyway, espero que todo esse meu drama dure só hoje. Quero me sentir melhor pra me mudar amanhã, ter a minha casinha com os meus amigos.

É isso.


Pra fotos da Irlanda, você pode visitar meu Orkut (o album do orkut ta liberado pra galere toda ;D ) e pra vídeos o meu canal no Youtube.

3 comentários:

Camilla disse...

aah poxa viida Manu.. =/ se estiver triste, nao fique triste! (:
mas sério, esse é meu maior medo de fazer um intercambio, de eu achar q nao vale a pena ficar longe de tudo sem ter uma certeza de q tudo vai dar certo.
Mas olha, pensa assim, só de vc ta indo estudar fora é um grande passo.. nunca fiz nem curso de inglês esperando o momento de ter meu certificado importado e acho q nao vou conseguir ter esse certificado tao cedo.. mas vc já tá aii ! vai ser muito bom p ti qndo voltar p cá ! e quando vc conseguir alguma coisa por ai, pode até ser q vc nem queira voltar, de tão bem q vc vai ficar ! xD acredita Manu, e mantenha a postura! Tudo dará certo :)

Fernandinn disse...

Esse é também o lado bom de um intercâmbio. Ser jogada em um mundo novo, de novo, e ver o que acontece.

Ao cabo, eu diria que a maneira como você age e reage diante de tudo o que acontece provavelmente determinará seu estilo de vida, sua maneira de enxergar e lidar com o mundo, sua personalidade.

É claro que os 22 anos que você viveu até agora (estou certo?) serão levados em consideração, mas um intercâmbio geralmente te coloca em situações em que ainda não haviam sido experenciadas antes dele. Ainda mais quando se é tão jovem. ;-)

Take care!

Michaelldantas disse...

Olá Manu, já li todos seus posts, vi suas fotos no orkut, e falo pra mim mesmo que vc estah tendo uma oportunidade que ainda nao tive. Mas com certeza irei ter, estou me planejando. Então, acho normal agente as vezes se sentir triste, mas pense que muitas pessoas queriam estah ai no seu lugar, queira ou nao vc estah aprendendo e ganhando experiencia a cada dia. E com certeza, logo logo vc arruma um emprego e td vai correr normalmente..... boa sorte pra vc e que Deus esteja contigo....

bjaoo

Michaell Dantas
@MichaellDantas
Michaell.dantas@gmail.com
Michaelldantas@hotmail.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...